A Casa Flora recebeu no começo do mês de fevereiro Marco Scarinci o embaixador do grupo Farnese, o grupo representa as vinícolas – Caldora, Cellaro, Luccarelli, Terre Natuzzi e Vigneti del Vulture. Em especial, a Farnese está em espírito de comemoração, recebeu pelo 3º ano consecutivo recebeu a premiação de melhor produto italiano pelo ““Annuario dei Migliori Vini Italiani”, a distinção foi por ser detentora de práticas inovadoras de produção. Total são 22 vinícolas, com produção anual de 25 milhões de litros ao ano, apesar de grande capacidade de produção , possui boutiques Wenery , são vinícolas que mantém a produção familiar e com produção orgânica.

Resumo das principais vinícolas .

A Farnese tem a grande distinção de reunir empresas que atuam além do cultivo, apresentam histórias, responsabilidade social e econômica, tecnologia, resgate e preservação do solo e o engajamento dos sonhos de seus gestores no respeito ao vinho.
O Grupo considerado uns dos maiores da itália, a A Caldora é uma empresa jovem parceira da líder e experiente Cantina Sociale di Ortona, que conta com mais 1.500 hectares de terra cultivada por cerca de 700 agricultores. Do total dos terrenos pertencentes, as vinhas foram selecionadas por localização, tipo de clone e idade dos vinhedos. Com uma cuidadosa política de redução do rendimento por hectare obtém resultados qualitativos, vendidos em mais de 30 países no mundo.
CELLARO preservação de vinhas ancestrais e valorização social por meio do fomento das cooperativas.
Localizada perto do assentamento histórico de Sambuca di Sicilia, Cantina Sociale Cellaro foi fundada em 1969, com a primeira safra produzida em 1972. Hoje a Cooperativa é constituída por mais de 1.000 membros, socialmente sustentável, empregando habitantes locais.
LUCCARELLI o sonho do produtor transformando o vinho em arte
Localizada em Apulia é o mais recente projeto de Valentino Sciotti. Ele é um homem que não somente sonha grande, com também tem visão, determinação e profissionalismo para certificar que seus sonhos se realizem. No caso da Luccarelli, o conceito de Sciotti é muito simples. Ele achou a Cantina por acaso, com sua grande tradição em produção de vinho, e imediatamente viu que ali havia potencial. Com pequenas mudanças na adega, que já era um estado de arte, e instalando o brilhante Mario Ercolino como chefe para os produtores de vinho, ele foi capaz de produzir vinhos modernos com notável expressão.
TERRE NATUZZI o novo desbravando o tradicional com personalidade e tecnologia
A Terre Natuzzi é uma empresa moderna, jovem e dinâmica, que tem suas raízes em uma forte tradição familiar. Localizada perto de Florença, no coração da Toscana, Terre Natuzzi tem diferentes chaves para o sucesso: a forte paixão em cada etapa do processo de vinificação, equipamentos de última geração e enólogos experientes e qualificados.
Com uma capacidade de armazenamento de cerca de 120.000 hl, dos quais mais de 20.000 em concreto e vários milhares em madeira, a Terre Natuzzi é capaz de armazenar grandes quantidades de seus vinhos durante o processo de envelhecimento. A adega utiliza equipamentos modernos para filtrar e estabilizar os vinhos, que são constantemente monitorados.


VIGNETI DEL VULTURE vinhos que traduzem a energia dos fenômenos naturais da Terra.
A Vigneti del Vulture está situada em um vasto território que se estende até o extremo norte da região Basilicata, dominado pelo austero do vulcão Vulture Monte (inativo).
Durante séculos os vulcões eram vistos como fonte de destruição e morte, hoje, os agricultores são recompensados pelos danos causados pelas erupções dos séculos passados com a capacidade de crescer vinhedos nas terras (lavas) da riqueza incomparável de minerais, que trazem as uvas uma complexidade única.
Para obter o melhor, no entanto, não é apenas um grande território e sua lava natural, excelentes, mas também é importante a seleção das de uvas que melhor se adaptem a estas terras. As vinhas têm lutado durante séculos para domar esta terra, como Aglianico e Greco que já mostraram que são capazes de se adaptar muito bem a esses territórios.
Texto: Ana Grama Comunicação
No Almoço foram degustados os seguintes rótulos

Pipoli Rosato Basilicata

Pipoli Rosato Basilicata IGT
100 % Aglianico , safra 2018 , vinho com aroma de frutas vermelhas, maduras com notas florais , Leve com excelente acidez, fresco, mineral com persistente e agradável.
Terre Natuzzi Bianco Toscana IGT
Vinícola localizada no coração da Toscana, vinho branco, sua composição , Malvasia, Trebbiano e Vermentino , no nariz, floral com toques frutas brancas , na palato, leve, macio, boa acidez, fresco e mineral .
Piano Del Cerro Aglianico, 2016 Del Vulture DOC
Esta vinícola é localizada ao pés do monte Vulture aos pés do vulcão inativo da região da Basilicata , seu solo composto de rochas ígneas ricas em rico em minerais , e a melhor cepa foi Aglianico e Greco, sua composição 100% Aglianico, produção biológica vinho é envelhecido por 14 meses em barrica americana de segundo uso.
No nariz aromático frutas negras , especiarias e toque de tabaco, na palato encorpado, taninos persistentes mas redondos . Boa acidez e de longa persistência , vinho de guarda
Sensuale Moscato Basilicata , Produttore Vigneti Del Vulture , safra 2018, uma explosão de aromas de frutas brancas (pêra pêssego em compota ) toques de floral e adocicado , na boca , intenso, Fresco, suave e doce .
Avaliação
Ney Ayres
Site watermag.
Serviço
Preço médio ao consumidor final
Pipoli Rosato Basilicata => R$ 96,50
Piano del Cerro Aglianico => R$ 253,90
Sensuale Moscato Basilicata => 107,90
Terre Natuzzi Bianco => R$ 63,90
www.casaflora.com.br

Compartilhe nas redes sociais!

0 Comments Join the Conversation →


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *