Nossa dica de programação de viagens internacionais , fica por conta do Hotel Le Meurice uma releitura de La Traviata, de Giuseppe Verdi, sobe ao palco do Palais Garnier
de 12 de setembro a 16 de outubro de 2019, o Le Meurice que oferece a você a chance de começar o outono com uma nota alta dramática

Diz a lenda que Le Meurice foi frequentado na década de 1840 pelos amantes de Marie Duplessis, a mulher que inspirou Alexandre Dumas Filho a escrever seu famoso romance A Dama das Camélias, que por sua vez foi a inspiração por trás de Violetta, protagonista de La Traviata por Giuseppe Verdi. O renascimento de La Traviata no Palais Garnier inspirou o Le Meurice a mergulhar seus hóspedes no mundo de Violetta com uma oferta especial e repleta de brio, que é capaz de agradar os amantes da ópera.

A oferta está disponível na categoria “Suíte Superior” com opção de seis categorias de suítes para estadia.

Ao entrar pela porta, a decoração cuidadosamente elaborada no palco, que alcança uma harmonia melodiosa entre o classicismo setecentista e o chique contemporâneo. Uma garrafa de champanhe, dois ingressos da categoria Optima e uma programação elaborado para o visitante .
O destaque e a noite lírica acontece no Palais Garnier, a poucos passos do chamado “arts hotel”, onde o hóspede vai assistir a nova produção de La Traviata. Dirigido por Simon Stone, e as duas estrelas em ascensão do mundo da ópera realizarão este renascimento: a soprano Pretty Yende e o tenor Benjamin Bernheim.
Na manhã seguinte, café da manhã no suntuoso cenário do restaurante Le Meurice Alain Ducasse, que foi modelado diretamente no Salon de la Paix no Château de Versailles…

O Le Meurice escolheu três datas para aproveitar esta oferta exclusiva:
– Quinta-feira, 12 de setembro
– Sábado, 21 de setembro
– Sexta-feira, 4 de outubro

A Experiência La Traviata inclui:
• Acomodação em Suíte Superior ou suíte de categoria superior (a partir de EUR 2.210)
• Café da manhã americano
• Dois bilhetes da categoria Optima para La Traviata
• Um programa
• Uma garrafa de champanhe
Esse interlúdio mágico pode ser seguido por um encore no restaurante Le Dalí, para o qual o virtuoso chef executivo, Jocelyn Herland, compôs uma obra-prima de cardápio onde Veneza ocupa o centro do palco.
É uma homenagem ao Teatro La Fenice, onde Verdi apresentou a La Traviata para o público em geral pela primeira vez em 1853.

Sobremesa Violetta

Este menu será composto de três atos:

Levantando as cortinas
Um Bellini ou mocktail com um trio de antipasto

Primeiro ato
Lula recheada em estilo veneziano

Segundo ato
Medalhões de vitela à la plancha com um coro de legumes da estação

Terceiro ato
Violetta

No final quando a cortina desce e encerra esta magnum opus culinária, uma sobremesa criada pelo maestro chef de confeitaria, Cédric Grolet, faz referência direta à flor favorita de Marie Duplessis, que inspirou seu nome artístico: Violetta Valéry. Terá o sabor e a forma de um violeta em uma variedade de tons pastéis.

La Traviata Menu no restaurante Le Dalí
Disponível de 12 a 16 de outubro de 2019 – EUR 130 por pessoa

Compartilhe nas redes sociais!

0 Comments Join the Conversation →


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *